Programação de 1º de fevereiro conta ainda com Roda de Conversa, Encontro com Filmes, teatro de rua e performance musical

Último dia do Seminário do Cinema Brasileiro traz debates sobre quatro produções, no Cine-Teatro Sesi. Pela série Encontro com os filmes, haverá a conversa sobre “Yãmiyhex: as mulheres-espírito”, longa que integra a Mostra Olhos Livres, a partir das 10h, com a presença de dos diretores e convidados, da crítica convidada Clarisse Alvarenga (MG). A mediação é da curadora Camila Vieira (CE).

Na sequencia, serão realizados os dois últimos bate-papos com realizadores dos filmes selecionados para a Mostra Aurora. Às 11h15, acontece o debate sobre o longa “Cabeça de nêgo”, com a participação do diretor Deo Cardoso e convidados e da crítica Janaína Oliveira (RJ). E às 12h30, será a vez do debate sobre o longa “Natureza morta”. A discussão contará com a presença da diretora Clarissa Ramalho, convidados, e da crítica Lúcia Ramos Monteiro (RJ). As duas discussões contarão com a mediação do jornalista e crítico Marcelo Miranda (MG).

Às 15h, o Cine-Teatro Sesi recebe a Sessão Debate e pré-estreia mundial do filme “Cavalo” (AL), longa experimental de Rafhael Barbosa e Werner Salles. Após a sessão, haverá o debate do público com os diretores e convidados. Em seguida, às 17h45, será a vez da exibição do curta-metragem “Mona” (RJ), dirigido por Moisés Santana Filho. 

O espaço recebe ainda pela Mostra FormaçãoSérie 2, os curtas “Eu estou vivo” (MG), de Maíra Campos e Michel Ramos; “E no rumo do meu sangue” (PR), de Gabriel Borges; “A sússia” (TO), de Lucrécia Dias; e “Nada além da noite” (RJ), de Rodrigo de Janeiro. Haverá de debate com a equipe dos filmes após a sessão. 

 

Arte e Cinema na Praça

Às 16h, turistas, visitantes e toda a família poderão conferir, no Largo das Forras, o espetáculo “De chapéu e coração, história de paixão”, do Grupo Tuia. Ainda na praça, mas às 21h, o Cine Copasa na Praça recebe a exibição de “Acqua Movie” (PE), de Lírio Ferreira, em pré-estreia nacional. O filme retrata a história de Cícero, um menino de 12 anos, que depara-se com seu pai morto no banheiro de casa, vitimado por um infarto fulminante, enquanto sua mãe está filmando um documentário na Floresta Amazônica.

 

A noite termina em música

A 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes chega ao fim com a participação da cantautora Elisa de Sena, às 0h30, no Sesc Cine-Lounge. A artista, que tem ganhado destaque na cena mineira com o disco intitulado “Cura”, trabalho lançado pela Natura Musical em agosto de 2019, apresenta no evento a junção entre o eletrônico e os tambores da cultura afro-mineira ao lado da DJ Black Josie, misturando percussão e pick-ups, em um repertório que traz canções do disco autoral e releituras de clássicos da MPB. 

 

SOBRE A MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES


Maior evento dedicado ao cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país. Apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias nacionais, de longas e curtas – uma trajetória rica e abrangente que ocupa lugar de destaque no centro da história do audiovisual e no circuito de festivais realizados no Brasil.

Trata-se de um programa audiovisual que reúne todas as manifestações da arte numa programação cultural abrangente oferecida gratuitamente ao público que prevê a exibição de mais de 100 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais, mais de 40 sessões de cinema, homenagens, oficinas, debates, seminário, mostrinha de cinema, exposições, lançamento de livros, teatro de rua, shows musicais, performance audiovisual, encontros e diálogos audiovisuais e  atrações artísticas. 

Acompanhe a 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes e o programa Cinema Sem Fronteiras 2020.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra
No Twitter: @universoprod
No Facebook: universoproducao / mostratiradentes
No Instagram: @universoproducao 
No LinkedIn: Universo Produção
Informações pelo telefone: (31) 3282-2366

 

Serviço


 23ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES | 24 de janeiro a 1o de fevereiro de 2020

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

Patrocínio: ITAÚ, TAESA, CBMM, COPASA, CEMIG, CODEMGE|GOVERNO DE MINAS GERAIS

Parceria Cultural: Sesc em Minas

Apoios: SESI FIEMG, CAFÉ 3 CORAÇÕES, MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES, OI, DOT, MISTIKA, CTAV, CIA/NAYMAR, CINECOLOR, THE END POST, CANAL BRASIL, REDE GLOBO MINAS, PREFEITURA DE TIRADENTES, POLÍCIA MILITAR DE MINAS GERAIS.

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E TURISMO | GOVERNO DE MINAS GERAIS

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA, MINISTÉRIO DA CIDADANIA - GOVERNO FEDERAL|PÁTRIA AMADA BRASIL

 

LOCAIS DE REALIZAÇÃO DO EVENTO


Centro Cultural Sesiminas Yves Alves   

Largo das Fôrras  

Largo da Rodoviária

Escola Estadual Basílico da Gama

Espaço Cultural Aimorés

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA 


ETC Comunicação | (31) 2535.5257 |99120.5295 – Luciana d’Anunciação – luciana@etccomunicacao.com.br

Universo Produção|(31) 3282.2366/ 9 9534-6310 - Laura Tupynambá | imprensa@universoproducao.com.br

Fotos: https://www.flickr.com/photos/universoproducao/

Produção de textos: Marcelo Miranda