23/01 | sábado | 11h

O debate convida a discutir os processos de criação – a construção dos personagens, do espaço, a escrita, a montagem. O que se faz com as mãos, os olhos, os corpos e o coração quando se está criando uma imagem? Essa reflexão pode acessar um campo de expressão das experiências particulares do trabalho de criação, um trabalho que não está isolado dos processos mais amplos do mundo (econômicos, técnicos, políticos), mas dele toma parte ativa com mais proximidade ou com uma calculada (e necessária) distância.

Convidados:

  • Adirley Queirós – cineasta | DF
  • Cristina Amaral – cineasta |SP

Mediação: Lila Foster – curadora Mostra Tiradentes | DF