CINEMA BAIANO E CURTAS DA MOSTRA FOCO EM EVIDÊNCIA NESTA SEGUNDA-FEIRA

Semana iniciando e a programação cinematográfica da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes prossegue apresentando a atual e diversificada produção audiovisual brasileira. Nesta segunda, dia 25 de janeiro, os destaques da seleção fílmica da equipe curatorial trazem pré-estreia mundial, filmes experimentais, documentários, ficções, e muito mais. 

Todas as exibições são gratuitas e podem ser conferidas no site www.mostratiradentes.com.br. Até o dia 30 de janeiro, data de encerramento da Mostra, serão ofertados 114 filmes (entre longas e curtas-metragens), de 19 estados do Brasil. Monte sua agenda e comece agora mesmo a curtir o melhor da sétima arte nacional.

Longas-metragens

Em sua terceira sessão, a Mostra Aurora apresenta mais uma produção baiana, em pré-estreia mundial: “Rosa Tirana”, do diretor Rogério Sagui. A ficção é um mergulho mítico no sertão: a sua geografia, o assombro da fome, a religiosidade, os seus cantos e rezas. A menina Rosa faz uma longa travessia pela caatinga árida e fantasiosa, em busca de um encontro com Nossa Senha Imaculada, a rainha do sertão. Com um tom perspicaz, a trama é envolvida por uma amalgama de fatores que, na aridez da paisagem retratada, torna-se fertilizante para a compreensão do drama humano, a partir do olhar da pequena protagonista. O filme poderá ser assistido a partir das 20 horas e ficará disponível por 48 horas.

O cinema baiano também está presente na Mostra Olhos Livres com o longa-metragem “Voltei!”, dirigido pela dupla Ary Rosa e Glenda Nicácio. A narrativa do filme se passa no Brasil, no ano de 2030. Em um futuro precário e imerso na escuridão, as irmãs Alayr e Sabrina estão ouvindo no radinho de pilha o julgamento que pode mudar os rumos de um país “sem energia”. Elas são surpreendidas por Fátima, a irmã que volta dos mortos para celebrar a noite histórica.

Dedicada à filmografia da multiartista e cineasta Paula Gaitán, na Mostra Homenagem está em destaque a ficção “Luz nos Trópicos”. No filme, a diretora tece uma densa estrutura de histórias e linhas do tempo, enredadas por cosmogonias indígenas, cadernos de viagem e literatura antropológica. Tributo à abundante vegetação das Américas e às populações nativas do continente. Uma produção de navegação livre como um rio sinuoso.

Já na Mostra Temática – Vertentes da criação o público terá a oportunidade de conferir o documentário “#eagoraoque”, dos diretores Jean-Claude Bernardet e Rubens Rewald. Como agir hoje politicamente? É possível mudar as coisas, as pessoas, a sociedade? E agora, o que fazer? Um intelectual e suas contradições. Esse é o mote do drama político retratado no filme.

Curtas-metragens

Estreando na programação da 24ª edição da Mostra Tiradentes, a Mostra Foco, cujos filmes são avaliados pelo Júri Oficial, apresenta produções que vão desde propostas experimentais a construções ficcionais. Nesta primeira sessão, os espectadores terão acesso aos filmes “Drama Queen”, de Gabriela Luíza; “A destruição do planeta live”, de Marcus Curvelo; “Céu de agosto”, de Jasmin Tenucci e “Lambada estranha”, de Luísa Marques e Darks Miranda. Todos os curtas poderão ser assistidos a partir das 22 horas e ficarão disponíveis por 48 horas.

Na seleção da Mostra Praça, ganham relevo quatro documentários de diferentes estados brasileiros: “Quarta dia de jogo”, das diretoras Clara Henriques e Luiza França (RJ); “Pega-se facção”, de Thaís Braga (PE); “Casa com parede”, dirigido por Dênia Cruz (RN) e “Ainda te amo demais”, de Flávia Correia. Além da ficção “Primeiro Carnaval”, do cineasta Alan Medina (SP).

SOBRE A 24a MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

PLATAFORMA DE LANÇAMENTO DO CINEMA BRASILEIRO

Maior evento dedicado ao cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país. Apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias mundiais e nacionais – uma trajetória rica e abrangente que ocupa lugar de destaque no centro da história do audiovisual e no circuito de festivais realizados no Brasil.

Trata-se de um programa audiovisual que reúne as manifestações da arte numa programação cultural abrangente, oferecida gratuitamente ao público, que prevê a exibição de mais de 100 filmes brasileiros, promove homenagem, oficinas, debates, mostrinha de cinema, exposições, shows musicais, performance audiovisual, encontros e diálogos audiovisuais e atrações artísticas. 

TODA PROGRAMAÇÃO É OFERECIDA GRATUITAMENTE AO PÚBLICO.

***

ATENÇÃO:

Como o formato do evento é digital, convidamos você a seguir a Universo Produção/Mostra Tiradentes nas redes sociais para ficar por dentro de tudo o que vai acontecer nos bastidores, acompanhar a evolução e notícias do evento e também receber conteúdos exclusivos sobre a 24ª edição da Mostra Tiradentes. Canais e endereços:

Na Web: www.mostratiradentes.com.br

No Instagram: @universoproducao

No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod

No Facebook: mostratiradentes / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2021. 

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Serviço

24a MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES | 22 a 30 de janeiro de 2021

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

Patrocínio: CBMM, ITAÚ, CSN, CEDRO MINERAÇÃO, CIMENTO NACIONAL, COPASA|GOVERNO DE MINAS GERAIS

Parceria Cultural: SESC EM MINAS 

Apoio: CAFÉ TRÊS CORAÇÕES, INSTITUTO UNIVERSO CULTURAL, DOT, MISTIKA, CTAV, CIARIO/NAYMAR, CINECOLOR, THE END, BUCARESTE ATELIÊ DE CINEMA, CANAL BRASIL, REDE MINAS, RÁDIO INCONFIDÊNCIA

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E TURISMO | GOVERNO DE MINAS GERAIS

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA, MINISTÉRIO DO TURISMO – GOVERNO FEDERAL| PÁTRIA AMADA BRASIL