Que tal fechar a noite desta segunda-feira, dia 24 de janeiro, com uma rica e diversificada programação cinematográfica? Nas últimas sessões de hoje, o público poderá conferir a primeira exibição da Mostra Aurora, documentário na Mostra Olhos Livres e dez curtas-metragens divididos entre a Mostra Curtas na Praça e Mostra Foco. Tudo disponível gratuitamente pela plataforma oficial do evento mostratiradentes.com.br.

Para iniciar as sessões noturnas, às 18 horas, a Mostra Olhos Livres apresenta o documentário “O dia da posse”, do diretor Allan Ribeiro. O longa discorre sobre a história de Brendo Washington que sonha em ser presidente do Brasil. Enquanto esse dia não chega, Brendo estuda Direito, faz vídeos para as redes, sonha com novas conquistas e se imagina em um reality show, durante a pandemia. A produção ficará disponível até às 18 horas de terça-feira, 25 de janeiro, pelo link https://mostratiradentes.com.br/filme/o-dia-da-posse/.

Mostra Praça

Na sequência, às 19 horas, acontecem as exibições da Mostra Curtas na Praça | Série 1. A ficção potiguar “Time de Dois”, de André Santos exibe, com rara delicadeza, um encontro entre o universo do futebol, cheio de índices masculinos e machistas, e a descoberta de uma sexualidade dissidente. Através de uma montagem imaginativa, o documentário “Central de Memórias”, dos diretores Rayssa Coelho e Filipe Gama, relembra como a luta por moradia digna cruzou com uma produção cinematográfica na periferia de Vitória da Conquista (BA), nos anos 1990. A memória também é a linha central de “Ansdionte”, animação mineira dirigida por Gabriel Werneck, que olha com carinho para uma infância familiar e cheia de imaginação. Na intrigante produção sergipana “Ímã de Geladeira”, dos cineastas Carolen Meneses e Sidjonathas Araújo, o estranho comportamento de um eletrodoméstico é o pano de fundo para uma narrativa que experimenta de maneira criativa os códigos do cinema de gênero. A sessão é encerrada com “Magnético”, um documentário de Cassemiro Vitorino e Ilka Goldschmidt, que investiga os estranhos fenômenos acontecidos uma pequena cidade no interior de Santa Catarina, a partir da perspectiva dos próprios moradores. Todos os curtas ficarão com o sinal aberto até às 19 horas desta terça-feira, dia 25, pelo link https://mostratiradentes.com.br/filmes/mostra-praca/. Logo após a sessão às 21 horas, o público poderá participar do bate-papo ao vivo com os diretores das produções. O encontro será mediado pela curadora Tatiana Carvalho Costa.

Mostra Aurora

Já às 20 horas, será a vez da primeira exibição da Mostra Aurora, com a pré-estreia mundial da ficção “Seguindo todos os protocolos”. O longa coloca o diretor-ator, Fábio Leal, no centro de uma trama de sobrevivência física e amorosa na pandemia, com um gesto que flerta com a autobiografia, sem deixar de também compor um registro do estado das coisas — do flerte, das relações, dos índices de contaminação da Covid-19, das paranoias pandêmicas. O público terá a oportunidade de assistir a obra até às 20 horas de terça-feira, dia 25, através do link https://mostratiradentes.com.br/filme/seguindo-todos-os-protocolos/.

Mostra Foco

A programação da noite encerra às 22h30, com os curtas-metragens da Mostra Foco | Série 1. O filme experimental paulista A Morte de Lázaro”, dirigido por Bertô, traz uma encenação da história bíblica de Lázaro contada com forte rigor formal e estético, que surge como uma interessante provocação no atual panorama do cinema. Também paulista, o curta “Ingra!”, de Nicolas Thomé Zetune, combina e reimagina os universos do filme de assalto e da distopia fantástica numa mistura hipnotizante. O experimental carioca “Bicho Azul”, de Rafael Spínola, é um monólogo direto e cortante, porém bastante afetuoso, sobre memória, imagem e o mistério que envolve o luto. A ficção carioca “Iceberg”, dirigida por Will Domingos, propõe pensar a realidade pandêmica, a partir do mal-estar que assombra uma cooperativa de costura para pessoas LGBT+ e faz um comentário contundente sobre nosso tempo. A sessão é concluída com “Prosopopeia”, um surpreendente jogo de cores, vozes e vidas realizado pela cineasta cearense Andreia Pires, que flerta com o teatro e o musical para pintar o panorama de um grupo mambembe tão heterogêneo quanto unido.

SOBRE A MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

PLATAFORMA DE LANÇAMENTO DO CINEMA BRASILEIRO

Maior evento do cinema brasileiro contemporâneo em formação, reflexão, exibição e difusão realizado no país, chega a sua 25a edição de 21 a 29 de janeiro de 2022, em formato online. Apresenta, exibe e debate, em edições anuais, o que há de mais inovador e promissor na produção audiovisual brasileira, em pré-estreias mundiais e nacionais – uma trajetória rica e abrangente que ocupa lugar de destaque no centro da história do audiovisual e no circuito de festivais realizados no Brasil.

O evento exibe mais de 100 filmes brasileiros em pré-estreias nacionais e mostras temáticas, presta homenagem a personalidades do audiovisual, promove seminário, debates, a série Encontro com os filmes, oficinas, Mostrinha de Cinema e atrações artísticas. Toda a programação é gratuita. Maiores informações www.mostratiradentes.com.br

TODA PROGRAMAÇÃO É OFERECIDA GRATUITAMENTE AO PÚBLICO.

link para fotos – https://www.flickr.com/photos/universoproducao/

***

Acompanhe o programa Cinema Sem Fronteiras 2022.

Participe da Campanha #EufaçoaMostra

Na Web: mostratiradentes.com.br

No Instagram: @universoproducao No Youtube: Universo Produção

No Twitter: @universoprod No Facebook: mostratiradentes / universoproducao

No LinkedIn: universo-produção

Serviço

25a MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES | 21 a 29 de janeiro de 2022

LEI FEDERAL DE INCENTIVO À CULTURA

LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA

Patrocínio Máster:  INSTITUTO CULTURAL VALE

Patrocínio: CBMM, CEDRO MINERAÇÃO, ITAÚ, CSN, CIMENTO NACIONAL,  COPASA, CEMIG|GOVERNO DE MINAS GERAIS

Parceria Cultural: SESC EM MINAS, INSTITUTO UNIVERSO CULTURAL, CASA DA MOSTRA, , CAFÉ 3 CORAÇÕES,

Apoio: PREFEITURA DE TIRADENTES, SENAC, NOVA ERA SILICON, THE END, DOT, MISTIKA, CINECOLOR, NAYMOVIE, CANAL BRASIL, RÁDIO INCONFIDÊNCIA, REDE MINAS, REDE GLOBO MINAS, MACROTEC

Idealização e realização: UNIVERSO PRODUÇÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA E TURISMO | GOVERNO DE MINAS GERAIS

SECRETARIA ESPECIAL DE CULTURA, MINISTÉRIO DO TURISMO – GOVERNO FEDERAL| PÁTRIA AMADA BRASIL

PROGRAMAÇÃO GRATUITA